{{recommendedBannerText}}

Spacer
{{recommendedRegLangFull}}

Tecnologia da bomba de vácuo de anel líquido

Como funciona uma Bomba de Vácuo de Anel Líquido

As bombas de vácuo de anel líquido são máquinas rotativas de deslocamento positivo que fornecem vácuo de processo em aplicações industriais, como química, energia elétrica, ambiental, processamento e embalagem de alimentos e bebidas, marinha, mineração, petróleo e gás, farmacêutica, celulose e papel, e têxtil. As bombas de vácuo de anel líquido utilizam água ou outros processos líquidos compatíveis como o selante. A operação simples, sem contato entre as peças, torna as bombas de vácuo de anel líquido uma escolha segura e confiável para o manuseio de fluxos de gás sujos e potencialmente perigosos. As bombas de anel líquido estão disponíveis em modelos de um e dois estágios e também são configuradas como compressores para uma versatilidade ainda maior.

Princípios de operação

O líquido de vedação forma o anel dentro do corpo de uma bomba enquanto o rotor gira criando pequenas câmaras para que o gás fique preso. O eixo do rotor é excêntrico em relação ao corpo permitindo que o líquido quase encha e depois quase esvazie cada câmara do rotor durante uma única rotação, formando a compressão do gás para a ação de bombeamento. As portas de entrada de vácuo e de descarga atmosférica fornecem rotas de fluxo para a mistura de gás a ser processada. O calor da compressão do gás é dissipado no líquido de selagem, e parte do líquido sai para a descarga. A descarga de gás de exaustão e água residual é separada do fluxo de gás e direcionada para a exaustão da casa e devolvida à bomba, respectivamente. O fluido de vedação é substituído por um fluxo constante de fluido de vedação mais frio.  

Assista ao vídeo "Como Funciona uma Bomba de Vácuo de Anel Líquido".

Características de bombas de vácuo de anel líquido

  • Aceita arraste - Sólidos maleáveis, umidade, resíduos, produtos químicos e muitos outros não prejudicarão a bomba. Essas impurezas serão simplesmente lavadas através da descarga da bomba. 
  • Operação fria e silenciosa - A bomba funciona a frio, devido à circulação da água de vedação dentro da bomba. A operação é relativamente silenciosa, e não excede 85 dBA. 
  • Operação constante para qualquer nível de vácuo A bomba pode operar de forma constante e continua em qualquer nível de vácuo - de 29 pol. Hg a pressão atmosférica. 

  • Manutenção fácil e vida útil mais longa da bomba - As bombas de vácuo de anel líquido são robustas em construção e têm apenas uma peça móvel, o rotor, que é montado em um eixo apoiado por um conjunto de rolamentos projetados para uma longa vida útil de operação contínua. Isso beneficia o usuário com menos desgaste e manutenção mais simples e acessível. 
  • Meio ambiente As bombas não requerem troca de óleo, filtro, Carter de óleo, condensador ou etc. Por esse motivo, os ambientes da fábrica operam limpos, livres de contaminação por óleo e descargas de óleo para coletores de tratamento de esgoto. 
  • Dentro de uma bomba de vácuo de anel líquido

    Flat Sided Liquid Ring Vacuum Pump
    Conical Liquid Ring Vacuum Pump

    A tecnologia por trás das bombas de vácuo de anel líquido 

    A tecnologia de design por trás das bombas de vácuo de anel líquido é avançada para alcançar um desempenho ótimo e confiável para atender às rigorosas exigências de ambientes industriais inóspitos. As bombas de vácuo de anel líquido são uma solução econômica e robusta projetada para atender às exigências específicas dos clientes. 

     

    A condensação dos vapores pode render um bônus de capacidade 

    O ar seco ou uma mistura de gás seco é comprimido a partir do vácuo para a pressão atmosférica em uma bomba de anel líquido da mesma forma que seria em qualquer outro tipo de bomba de deslocamento, exceto que há um menor aumento da temperatura do fluxo de gás através da bomba.

    O ar úmido ou as misturas de gás contendo vapor condensável se comportam de forma bem diferente. Parte do vapor que entra em uma bomba de anel líquido condensa quando é resfriada pelo líquido de vedação de temperatura mais baixa. O condensado se mistura com o líquido de selagem. Agora, ele ocupa um espaço bastante reduzido, em comparação com sua antiga dimensão volumétrica quando era um componente do fluxo de gás de entrada. Esta redução volumétrica passa a ser um bônus de capacidade. 

    O único vapor que pode ser condensado com antecedência suficiente para escapar da compressão contribui para o bônus da capacidade de entrada. Em cada câmara de rotor, a condensação deve ocorrer antes que essa câmara passe sua porta de entrada. Qualquer condensação que ocorra após o corte não terá um efeito sobre a capacidade de entrada da bomba. 

    As bombas de vácuo de anel líquido podem processar grandes quantidades de líquido através da sua porta de entrada com uma redução insignificante da capacidade de gás. Para maximizar o bônus de condensação, parte do líquido é frequentemente injetado a tubulação de entrada, a montante da própria bomba de vácuo. 

     

    Fornecedor Global

    Com o respaldo de mais de 110 anos de experiência, os especialistas CERTIFICADOS pela NASH fornecem suporte pós-venda com manutenção, serviço, peças e reparos. Os centros de serviço estão localizados em várias partes do mundo para proteger o seu investimento em sistemas de vácuo e fornecer soluções de qualidade, confiáveis e eficientes.

    pt-BR