ROBOX energy, a resposta ideal às variáveis da depuração de águas

A possibilidade de adaptar a máquina ao nível do software com base nas especificidades de processo, redução significativa dos consumos elétricos e do ruído, tornam a ROBOX energy da Robuschi a solução técnica ideal para um sistema de depuração de águas mesmo com dimensões médias e pequenas e com exigências particulares.

Alto Trevigiano Servizi é a empresa municipalizada, iniciada em 2007, que gere o serviço hídrico integrado para cinquenta e três municípios nas províncias de Treviso, Vicenza e Belluno. Um território com cerca de 500 mil habitantes onde se encontram ativos quarenta e seis sistemas de depuração de tamanho médio e pequeno. Nos últimos anos o Departamento de Gestão de sistemas de depuração, coordenado pelo Dirigente Alberto Piasentin, para além de se ocupar da gestão e condução dos sistemas, desenvolveu o setor de otimização dos processos depurativos. Sendo o responsável o engenheiro do ambiente Daniele Renzi, que relata a intervenção efetuada no depurador do município de Valdobbiadene (TV).


Diferentes exigências, respostas elásticas

O sistema de Valdobbiadene foi projetado para servir 10 mil habitantes equivalentes (HE), com uma carga urbana e industrial com pressão diferencial de 390 mbar e com capacidade oscilante de 400 a 1600 m³/h, foi estruturado com pré-tratamentos inciais, uma fase de pré desnitrificação seguida de um setor de nitrificação e oxidação, uma sedimentação final e uma linha de lamas que se conclui com a sua eliminação em compostagem. Recentemente se tornou necessário modernizar o sistema biológico, em particular, a seção de difusão do ar. Foi necessário ter contudo em conta algumas particularidades, "o sistema que trata cerca de 5 mil habitantes equivalentes, um número equivalente relativamente à potencialidade inicial do projeto, é caracterizado pela sazonalidade" explica o Eng. Renzi. "Encontra-se de fato na zona de produção do prosecco e em período de vindima e de maior atividade das adegas-de fim de agosto a início de novembro- e se verifica um elevado aumento da carga de material orgânico entrando no sistema, fazendo com que atinjam um nível de 10 mil habitantes equivalentes com picos, em alguns dias, de 13 mil HE".

Para satisfazer tanto as variações sazonais como as flutuações diárias, se torna assim indispensável utilizar aparelhos que possam garantir uma notável elasticidade em termos de fornecimento de ar, de bombeamento e de capacidade de mistura.

A resposta a essas necessidades foi encontrada em ROBOX energy, o novo compressor de parafuso com imã permanente da Robuschi.


 

ROBOX energy, solução ideal

 

"Na secção de difusão de ar" continua o Eng. Renzi "o sistema já está equipado com dois sopradores de lóbulos de dupla velocidade sempre da Robuschi, funcionais e eficientes mas já datados. Procurou-se assim um compressor com uma tecnologia mais moderna que ultrapassasse os limites dos dois já instalados (o fornecimento da quantidade de ar bem estabelecida com uma flexibilidade quase ausente), conseguindo, dessa forma, cobrir os picos de fornecimento do sistema trevigiano".

A intervenção de modernização começou em 2016, no final do período de sobrecarga anual. Para permitir a instalação da máquina foram necessários poucas intervenções, obras de construção mínimas e reduzidos trabalhos nas tubagens para poder ligar o novo compressor. "Não ocorreram problemas do ponto de vista da instalação" explica Edi Casagrande, técnico altamente especializado empenhado na manutenção dos sistemas da Alto Trevigiano Servizi, "tendo em conta que ROBOX energy é uma máquina compacta, robusta e fácil de inserir também em um processo depurativo já ativo. O compressor foi adicionado aos outros dois sopradores da Robuschi existentes que foram mantidos como máquinas de reserva, garantindo assim a continuidade durante a manutenção da máquina de nova concepção."

Além do mais, toda a fase de instalação não implicou longos períodos de sistemas parados "para a recolha para a tubagem de distribuição do ar principal temos que criar os respetivos espaços e a própria interrupção da insuflação de ar no processo do sistema de depuração só durou algumas horas. Por outro lado, as conexões elétricas já tinham sido predefinidas anteriormente uma vez que o ROBOX energy, já equipado com eletrônica a bordo, exigiu simplesmente que fosse ligado a uma linha elétrica de manutenção e que se ligasse o cabo de sinal para permitir governar o compressor com base nos parâmetros de processo do sistema".

 

Um software à medida

 

Sucessivamente, em estreita colaboração com os técnicos da Robuschi, a Alto Trevigiano Servizi implementou o software do compressor para permitir gerir a máquina a partir de um comando remoto por meio de um sistema de controlo automático de ventilação intermitente, que pode funcionar em combinação com o Smart Process Control instalado em ROBOX energy, e torná-lo autônomo em caso de problemas técnicos no comando remoto, evitando assim dispendiosas paragens do sistema.

 

"As modalidades de funcionamento foram divididas em duas sequências: master e slave" explica Casagrande. "Para começar a máquina é autônoma e distinta. É gerida somente por um sinal de 4-20 mA, levado diretamente para uma entrada analógica, e por uma sonda de oxigênio colocada no interior da biomassa do sistema de depuração, que deteta a quantidade de oxigênio necessária ao processo e regula consequentemente a distribuição de metros cúbicos de ar. Na modalidade slave, o compressor é gerido por meio do sistema remoto, que lhe fornece sequências de arranque e paragem, criando fases de ventilação intermitente, com base nas necessidades de processo do sistema. Essa sequência de trabalho garante uma poupança energética e um forte abatimento dos componentes de azoto presentes no processo biológico. No entanto, em caso de estrago ou avaria do sistema de controlo automático externo, é possível modificar a modalidade de funcionamento permitindo assim a um operador in loco intervir diretamente no painel do operador do soprador".

 

 

 

A mais-valia de ROBOX energy

 

Nas duas modalidades de funcionamento, o aspeto que a empresa detetou imediatamente é a elevada flexibilidade de ROBOX energy. Graças à tecnologia com imãs permanentes, agora o sistema pode funcionar entre uma potencialidade máxima de cerca de 1.600 m3/h e uma velocidade mínima de algumas centenas de metros cúbicos, com uma maior elasticidade em relação ao intervalo de funcionamento anterior entre os 1.600 e os 880 m3/h. "Definimos o limite mínimo do compressor em torno dos 500 m3/h" intervém o Eng. Renzi "uma vez que com base nas medições efetuadas in loco, essa é a área que permite manter uma mistura mínima adequada ao setor oxidativo. Na realidade a tecnologia com imãs permanentes pode fazer com que a máquina funcione com capacidades ainda mais baixas".

 Além da flexibilidade, outro aspeto do novo compressor do Robuschi que chamou a atenção dos operadores da Alto Trevigiano Servizi é a possibilidade de instalá-lo facilmente, com uma modalidade plug & play. É uma máquina completa, dotada de quadro elétrico já integrado, colocado na parte posterior da máquina, e de um painel de comando frontal de utilização simples; "procuramos com frequência soluções tecnologicamente avançadas mas simples" comenta o engenheiro "de modo a que os nossos operadores possam gerir uma interface gráfica imediata e entender logo quais são os parâmetros em que deve operar".

 

Poupança garantida

 

O compressor ROBOX energy já está em funcionamento há cerca de seis meses. Durante a fase de arranque seguida da instalação, foram monitorizados os parâmetros principais para definir os intervalos de capacidade em que deve funcionar e a velocidade de variação da máquina. Nesses primeiros meses de funcionamento não foram detetados problemas de natureza elétrica nem mecânica.

 

Para verificar o benefício alcançado em termos de poupança energética da instalação de ROBOX energy foram conduzidos dois tipos de análise, explica o Eng. Renzi. Avaliando antes e depois da instalação o coeficiente de transferência global do oxigênio dissolvido do sistema de difusão do ar e resulta que os dados médios de consumo energético em termos de kWh diários do novo compressor em relação aos anteriores, se coloca entre 15 e 20% pelo menos, sendo um ótimo resultado para um sistema de pequenas dimensões, em funcionamento com pressões de 390 mbar.

 

Uma escolha satisfatória

 

Estamos satisfeitos com essa máquina" acrescenta ainda o Eng. Renzi. "Para além da simplicidade de instalação e de gestão, ROBOX energy garante estabilidade, um aspeto capaz de incidir no processo; flexibilidade, que permite a aplicação tanto em sistemas de dimensão média ou pequena, como o nosso, como em sistemas de maior potencialidade; uma perfeita combinação com os ciclos de ventilação intermitente e, por fim, responde às exigências de um sistema sazonal e com grandes flutuações também diárias como o de Valdobbiadene".

 

O engenheiro conclui não excluindo possíveis e futuras colaborações com a Robuschi para utilizar ROBOX energy em outros projetos de desenvolvimento da ATS, confirmando que a abordagem à Inovação da Alto Trevigiano Servizi prevê de fato a disponibilidade para colaborar com as empresas e entidades de investigação que pretenderem colocar em prática tecnologias avançadas para o benefício ambiental e econômico na gestão e planificação dos sistemas de depuração.