A Eaton reduz os custos de manutenção com a Elmo Rietschle

Com a instalação de seis novas bombas de vácuo de parafuso operadas a seco da Elmo Rietschle, empresa Crouse-Hinds da Eaton, um designer e um fabricante de equipamento de alarme, sinal, controle e notificação continuam a se beneficiar de maior tempo operacional e retorno do investimento em doze meses.

Detalhes da aplicação

Baseada em Sutton-in-Ashfield, Nottingham, a empresa Crouse-Hinds da Eaton fabrica uma ampla linha de alto-falantes e alarmes manuais, visuais e sonoros especificamente projetados para condições ambientais adversas e onde há risco de explosão devido à presença de atmosferas inflamáveis, em terra e no mar.

Como resultado do desempenho das bombas S-VSI 300 da Elmo Rietschle, a empresa Crouse-Hinds da Eaton fez recentemente um pedido de mais duas unidades, com outros pedidos previstos para o futuro. A empresa Crouse-Hinds da Eaton estava usando anteriormente bombas de vácuo vedadas a óleo em seu processo de moldagem, o que gerava panes constantes.


Lawrence Marson, engenheiro de manutenção da empresa Crouse-Hinds da Eaton explica: "Para um acabamento mais consistente, usamos um método ligeiramente diferente para o processo de moldagem a vácuo 'tradicional' ao fabricarmos nossos produtos."

A quantidade de panes causadas pela manutenção das bombas de vácuo anteriores usadas nesse processo levou a empresa Crouse-Hinds da Eaton a procurar um novo fornecedor. "Recebemos a visita de um engenheiro da Elmo Rietschle que explicou como as bombas de vácuo de parafuso S-VSI 300 'Twister' operadas a seco eram capazes de reduzir significativamente nossos problemas de panes", disse Lawrence.


A S-VSI 300 é uma bomba de vácuo de parafuso de funcionamento a seco que não precisa de um meio refrigerante ou vedante na câmara de sucção. A bomba é refrigerada por água e oferece baixa emissão de calor no ambiente. Com ar exaustor isento de óleo e nenhum filtro de descarga de óleo para substituir, a S-VSI 300 é de fácil manutenção e tem alta tolerância a vapor e água.

"A evidência que a Elmo Rietschle apresentou em nossas discussões iniciais nos deixou confiantes para instalar seis novas bombas S-VSI 300 - duas por máquina de moldagem", explica Lawrence. "Como são operadas a seco e refrigeradas com água, não há óleo, assim nenhum detrito prende nas bombas S-VSI 300s, que operam constantemente, 24 horas por dia.


"As novas máquinas agora passam por manutenção a cada seis meses, o que reduziu significativamente nossos custos de manutenção. As bombas são instaladas em suportes, que podem ser empilhados, ou seja, podem ser facilmente retiradas para a manutenção programada sem interromper uma operação."

"Estamos tão satisfeitos com o desempenho das S-VSI 300s que recentemente fizemos um pedido de mais duas bombas para outra máquina de moldagem e esperamos instalar as bombas da Elmo Rietschle em duas outras máquinas no futuro próximo, ou seja, teremos um total de doze a treze bombas S-VSI 300s na unidade."

 

Lawrence conclui:

"Decidir mudar nossa tecnologia de bomba de vácuo foi um grande salto, pois estávamos usando as máquinas anteriores há muitos anos. A Elmo Rietschle apresentou a evidência que nos deixou confiantes para mudar e não nos arrependemos da decisão, é por isso que encomendaremos mais bombas S-VSI 300s no futuro. Acreditamos que as bombas atuais começarão a dar retorno financeiro dentro de doze meses."