Declaração de transparência em práticas de combate ao trabalho escravo e ao tráfico de seres humanos nas cadeias produtivas.

A Gardner Denver tem o compromisso de operar seguindo os mais elevados padrões de responsabilidade corporativa. Operamos em uma estrutura de princípios, diretrizes e políticas alinhados com nossas responsabilidades éticas, sociais e ambientais. Da mesma forma, a Gardner Denver tem o compromisso de monitorar e erradicar toda e qualquer forma de escravidão humana, tanto dentro das suas empresas como nas nossas cadeias produtivas. As nossas políticas refletem as etapas que nós estabelecemos e cumpriremos para assegurar que estejamos agindo com ética e integridade em todas as nossas relações comerciais e para implementar e assegurar a aplicação de sistemas e controles eficazes que garantam que não ocorram trabalho escravo e tráfico humano dentro das nossas empresas ou cadeias produtiva. Com esse objetivo, adotamos um Código de Conduta para Fornecedores, que entregamos a todos os nossos fornecedores e esperemos que eles sigam.

Esperamos que nossos fornecedores estejam comprometidos em respeitar diretos dos trabalhadores e tratem todos os seus trabalhadores com respeito e dignidade. Especificamente exigimos que os fornecedores não utilizem trabalho forçado, escravo ou compulsório, trabalho não voluntário de prisioneiros ou mão de obra infantil. Os fornecedores devem assegurar que seus funcionários e todos os subcontratados e agentes diretos e indiretos conheçam e sigam esses princípios. Se os fornecedores não aderirem aos princípios estabelecidos no nosso Código de Conduta de Fornecedores, poderemos tomar as medidas cabíveis.

Ao escolher fornecedores, nós realizamos uma devida diligência apropriada para verificar se o fornecedor é qualificado e tem uma reputação confiável. Quando apropriado, a devida diligência pode incluir uma diligência referente a questões trabalhistas. Também realizamos auditorias nos nossos fornecedores com base no risco e, quando apropriado, realizamos auditorias em problemas trabalhistas, incluindo trabalho escravo e tráfico humano. A nossa equipe de gerenciamento de fornecedores e cadeia produtiva realiza essas avaliações com base no Código de Conduta do Fornecedor e em outras estruturas para auditoria de fornecedores sem a colaboração de terceiros.

O Código de Conduta de Fornecedores está incorporado no Código de Conduta da Gardner Denver. O Código de Conduta da Gardner Denver estabelece o padrão de conduta global esperado dos funcionários na empresa e reforça nossos esforços no combate à escravidão e ao tráfico humano em toda a empresa. Todos os funcionários da Gardner Denver têm o compromisso de ler o Código de Conduta da Gardner Denver e concluir certificações periódicas afirmando que eles se comprometem com as políticas do Código e da Empresa. Além disso, todos os funcionários são treinados com Código de Conduta. As violações do Código ou das Políticas da empresa são levadas a sério e podem resultar em ação disciplinar, inclusive em demissão.

Esta declaração foi publicada de acordo com a Lei de Transparência da Califórnia para Cadeias de Suprimentos de 2010 (SB 657) e com a Lei de Combate à Escravidão Moderna do Reino Unido de 2015, ambas criadas para solucionar problemas de escravidão e tráfico humano.

Esta declaração foi aprovada pelo Conselho de Diretores da Gardner Denver.